Projeto "Redação em foco"

Aluna: Juliana Diger
Professora Responsável: Patrícia Almeida
Turma: 2º Ano - 04 - Ensino Médio

Título: Jogo da morte

A depressão e a ansiedade são consideradas o mal do século entre jovens. Seus sintomas não são evidentes como os de uma gripe ou doença comum, eis aí o perigo. Muitas pessoas banalizam patologias psicológicas, levando o jovem sem nenhum amparo a cometer suicídio.

Aproveitando-se de jovens com problemas emocionais, jogos como Baleia Azul servem como gatilhos para estes, que extremamente abalados psicologicamente, veem uma oportunidade para tirar suas vidas. O jogo é composto por 50 desafios, o último levando o adolescente à morte. Na Rússia, onde o jogo foi criado, aproximadamente 130 adolescentes suicidaram-se nos últimos anos.

E não se pode fugir. O jogo acontece em grupos fechados. A pessoa, ao se cadastrar, deve fornecer dados pessoais: endereço, nome dos pais, onde estuda e outros. Se o jovem tenta desistir, é ameaçado e coagido a continuar. Temendo pela segurança e de seus familiares, segue em frente.

Autoridades que cuidam de crimes virtuais nos diferentes países, onde o jogo é mais praticado, deveriam identificar e prender os administradores, tornado o jogo menos popular. Redes de televisão, mídias sociais e pais de jovens precisam instruí-los e mostrar que caso necessitem de ajuda, há recursos disponíveis para ajudá-los e salvá-los de si mesmos.