Projeto "Redação em foco"

Aluna: Maria Fernanda C. Gonçalves
Professora Responsável: Patrícia Almeida
Turma: 8º Ano - 01 - Ensino Fundamental

Título: Crônicas

Aposto que quando você era menor assistia à TV Globinho, Sábado Animado ou até mesmo aos desenhos bíblicos que passavam na Record. Eu assistia a todos, Corrida Maluca, Barbie, Pica-pau, Bob esponja e outros. Mas o mais legal era ver o Super Choque na hora do almoço.

Eu nem sabia o que era Netflix. Bacana mesmo era assistir “A lagoa azul” e “Alvin e os esquilos pela trigésima vez” na sessão da tarde. Todo mundo aqui já deve ter visto “ Todo mundo odeia o Chris” na Record, “ As visões da Raven” e “ Eu a patroa , e as crianças” no Sbt. Aquilo era ver a melhor série , não “ greys anatomy” nem “the flash”.

Atualmente, as crianças nem sabem o que é TV Globinho, nem quem é Super Choque e que ele usava uma tampa de bueiro como skate. Hoje, as crianças só querem saber da Peppa pig , nem sabem o que é “corrida maluca” , nem quem é Penélope charmosa. Tem criança que assiste ao “Game of thrones” com nove anos de idade, nessa idade eu assistia “x-men”.

As crianças não sabem o que é ligar para o “Bom dia Cia” e ficar chateado, porque eles não atenderam. Eu acho isso muito triste, as crianças de hoje não têm as mesmas oportunidades que nós tivemos na nossa infância. Tem criança com seis anos de idade que anda com “iphone” na mão , nessa idade eu tinha aquele telefone da Barbie que tocava música. Isso é culpa dos pais, não da criança. Existem pais que tratam a criança como adulto; ela não é. As crianças não estão entendendo o que está acontecendo e só cabe aos pais essa responsabilidade.