Projeto "Redação em foco"

Aluna: Maysa Bello
Professora Responsável: Antônia Loureiro
Turma: 9º Ano - 03 - Ensino Fundamental

Título: Fanatismo cegante

Carros, roupas, celulares, colares, acessórios, tudo para entrarem na moda. Uma sensação quase que doentia, da extrema necessidade de se encaixarem no estereotipo “Moda do ano”

Jovens fazem do possível ao impossível para entrarem nessa sociedade, movidas a estereótipos e faixadas falsas, tentando obter do lixo ao luxo afim do tal esperado.

Mas a questão é: Por que ainda continuamos seguindo a moda? Talvez seja a necessidade humana de manter uma aparência superficial do verdadeiro “Eu”, ou por nos sentirmos bem seguindo um padrão. O sentimento de desprezo sempre foi o amedrontamento de muita gente, e aí está mais um motivo pelo fanatismo da moda: receio da inferioridade.

Não me refira a todos, em relação ao facciosismo, mas uma grande parte, pelo qual seguem cegamente tais padrões. Não é porque uma pessoa não segue a moda, que ela irá ser inferior ou superior a quem segue. Todos somos iguais, independentemente da roupa que usamos, o carro que dirige ou o celular que utiliza.

São apenas estereótipos, não caráter.